Header Ads

SERRA TALHADA: Muito abalada viúva desabafa "a gente queria fugir da violência em São Paulo"

Após 21 anos morando em São Paulo, o empresário João Batista Magalhães, 41 – um dos reféns mortos durante operação policial em Milagres, no Ceará – havia se mudando para a cidade de Serra Talhada, em Pernambuco, para fugir da violência. Foi o que disse em entrevista ao Fantástico a viúva do empresário, Claudia Magalhães."A gente queria fugir da violência de São Paulo, mas a violência veio atrás dele", afirmou. Segundo a viúva, a família esperava a chegada dos parentes para celebrar o Natal. "Minha casa estava preparada para receber amigos e família, que era um sonho nosso, o de juntar a nossa família".


Nenhum comentário