Header Ads

MPCE e Justiça intervêm para decidir quem será o prefeito de Nova Olinda


A política em Nova Olinda continua dinâmica. Após a Câmara afastar o prefeito Afonso Sampaio (PSD) por 120 dias no mês passado e uma decisão do ministro Gilmar Mendes tê-lo feito reassumir o cargo, os vereadores votaram pelo afastamento do gestor mais uma vez quinta-feira, 15, após nova denúncia apresentada.

Em menos de 12 horas, porém, uma recomendação do Ministério Público assinada pelo promotor de Justiça Daniel Ferreira de Lira pede que o presidente da Câmara José Vieira não cumpra o decreto de afastamento provisório, o que mantém Afonso na prefeitura. Caso descumpra a recomendação, Viera poderá incorrer em improbidade administrativa.

Nenhum comentário