Header Ads

Tio de um dos assassinos de escola em Suzano chora e pede perdão às famílias das vítimas


Américo Castro, de 69 anos e tio de Luiz Henrique de Castro, um dos autores do ataque na escola de Suzano, pediu perdão às famílias das vítimas. A declaração aconteceu após o enterro do sobrinho de 25 anos. As informações são do G1.

“Quero pedir perdão público para os pais daquelas crianças. Eu não sei o que aconteceu com o menino. Em nome da família Castro, eu peço perdão. Nós também somos vítimas”, declarou.

Nenhum comentário