Header Ads

Cabeleireiro foi morto a facadas pelo amante em Tarrafas e outro acusado é preso


Menos de 24 horas após o crime, a polícia de Tarrafas elucidou o assassinato do cabeleireiro Espedito Alves de Sousa, de 49 anos, que tinha um salão e morava no centro da cidade. Ele foi morto a facadas e o corpo encontrado por populares às 8 horas da manhã desta quinta-feira perto do Matadouro no Sitio Barra do Urucu em Tarrafas. Ainda ontem, o Sargento Batista - Comandante do Destacamento de Tarrafas - e mais os Soldados Brandão e R. Braz prenderam um dos envolvidos.

O jovem Carlos Alberto de Araujo Lima, de 30 anos, mora no Sitio Oitis na zona Rural de Tarrafas, e contou ao Delegado Diogo Galindo na Regional de Polícia Civil de Crato como tudo aconteceu. Segundo ele, por volta das 21h30min de quarta-feira estava no Bar do Inácio no centro de Tarrafas quando recebeu uma proposta no valor de R$ 100,00 para levar Espedito até a estrada do Sítio Oitis. O “serviço” foi contratado por “Arnaldo” que foi amante da vitima.

Nenhum comentário