Header Ads

Prefeito de Barbalha se posiciona após pedido de condenação do Ministério Público


O prefeito de Barbalha Argemiro Sampaio (PSDB) se manifestou após um pedido de condenação por improbidade administrativa feito pelo Ministério Público em março. O documento assinado pelo promotor Saul Cardoso Onofre de Alencar pede reembolso de R$ 55,2 mil após compra de garrafões de água em um depósito que seria do tio do prefeito. 

Em uma rede social, Argemiro relatou que o MP faz "o trabalho dele" em receber denúncias de vereadores de oposição. O prefeito diz ainda que há um equívoco na denúncia, visto que o dono do depósito de água seria o seu primo, e não o tio.

Nenhum comentário