Header Ads

Juiz cearense acusado de vender liminares é punido com aposentadoria de R$ 33 mil



Um juiz cearense foi penalizado com aposentadoria compulsória após o Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) entender, ontem, 30, sua participação em esquema de venda de liminares nos plantões do TJ. O juiz José Barreto de Carvalho Filho deixará o serviço por desvio de conduto no exercício da função e passará a receber aposentadoria na casa dos R$ 33 mil.

As acusações incluem acúmulo de processos paralisados há mais de três anos, liberação ilícita de R$ 717.914,38 em processo de execução e pratica de irregularidades na condução de processos em razão da concessão de liminares de reintegração de posse sem as devidas cautelas. As informações são do Jornal O POVO.

Nenhum comentário