Header Ads

Fraport se pronuncia sobre passageiro preso com drogas partindo do aeroporto de Fortaleza



"Sobre o episódio envolvendo um passageiro que foi preso em Portugal com substâncias proibidas na sua bagagem despachada, a Fraport Brasil - Fortaleza esclarece que está colaborando com as investigações e que ao receber solicitação de autoridades públicas, cedeu todas as imagens disponíveis.

A Fraport explica ainda que, de acordo com a legislação vigente, é obrigação das companhias aéreas o manuseio e a segurança das bagagens despachadas. Neste sentido, a Fraport implantou no Aeroporto de Fortaleza os mais modernos equipamentos para identificação de itens proibidos; estes equipamentos devem ser operados pelas companhias aéreas. A obrigação da Fraport, em consonância com a legislação, é a de inspecionar os passageiros e seus pertences de mão por meio de equipamentos e recursos humanos. Por fim, alerta que as drogas foram encontradas na bagagem despachada, fora de sua responsabilidade e controle, tanto que nem a empresa e nem os seus funcionários são investigados nesse episódio. A Fraport permanece à total disposição das autoridades."

Nenhum comentário