Header Ads

Justiça decide manter preso PM de Aurora que matou jovem por ciúmes e vingança



O Tribunal de Justiça do Ceará, através da 3ª Câmara Criminal, negou pedido de liberdade para o Soldado PM Rogério Luís dos Santos, acusado de matar José Romildo Rodrigues da Silva, de 27 anos, o “Zé Doido”, por motivos de ciúmes e vingança. O crime aconteceu por volta das 22 horas do último dia 2 de agosto perto da ponte sobre o Rio Salgadinho em Aurora quando a vítima seguia para sua residência na Vila Freire, sendo atocaiada e executada a tiros.

O Soldado Rogério foi preso preventivamente no dia 15 de março deste ano por força de um mandado judicial expedido pelo Juiz de Direito, João Pimentel Brito, da Comarca de Aurora. Segundo investigações, o PM estaria tentando destruir provas e coagindo testemunhas quando o poder judiciário optou pela sua custódia para garantir o andamento das apurações. Por ser militar, o mesmo está recolhido no Presídio Militar de Fortaleza à disposição da justiça.

Nenhum comentário