Header Ads

Médico acusado de abuso sexual diz que filmou vítimas por 30 anos



O médico José Hilson de Paiva, prefeito afastado de Uruburetama, está preso há três dias acusado de abusar sexualmente de pacientes durante consultas ginecológicas no Ceará. No interrogatório, o médico confessou à polícia que fez as filmagens durante 30 anos, mas disse que "parou há dois anos". "Ele diz que isso virou um vício", afirmou Joseanna Oliveira, delegada que investiga o caso.

Nenhum comentário