Header Ads

Cantor Flávio Leandro rebate Bolsonaro: "minha música é do povo, não do político"



O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (11) que o Nordeste “sempre precisou” de uma “chuva de honestidade”. Ele fazia referência à canção de mesmo nome, composta pelo artista pernambucano Flávio Leandro, que fala sobre a realidade do nordeste.

“Eu queria que a Globo botasse no ar um vídeo com uma canção lá do Nordeste que se chama ‘Chuva de honestidade’. A Globo e as demais emissoras de televisão, porque eu acho que é uma canção mais velha que eu, (de) 1954, e que o Nordeste sempre precisou foi disso, chuva de honestidade. E o Brasil agradece”, afirmou.

Natural de Bodocó, cidade pernambucana distante cerca de 115 km de Juazeiro do Norte, Flávio Leandro não gostou da homenagem. Procurado pelo Miséria, ele disse que só se pronunciaria através do Instagram. Na postagem em rede social, o artista questionou Bolsonaro.

Nenhum comentário