Header Ads

Polícia apreende em Juazeiro 18 aves silvestres estimadas em R$ 10 mil no “mercado negro”



Policiais civis do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte colocaram os olhares na direção de um crime ambiental quando saíram para averiguar denúncias anônimas recebidas pelo telefone 3102.1118 da 20ª DRPC. Por volta das 10 horas desta quinta-feira ele foram até o local indicado no caso uma residência situada na Coronel Raul no bairro Pio XII em Juazeiro.

No imóvel apreenderam 18 aves silvestres de várias espécies como Galo Campina, Sabiá, Sofreu, Azulão, Trinca-ferro, Caboclinho, Tico-tico e outros estimados em cerca de R$ 10 mil no “mercado negro”. Segundo a polícia, os moradores da casa não possuíam autorização dos órgãos ambientais competentes para a guarda dos pássaros em cativeiros.

Nenhum comentário