Header Ads

Sargento à paisana evita homicídio em Crato e prende acusado com revólver



Um sargento da Polícia Militar lotado na Companhia de Crato e que já teve a oportunidade de comandar o destacamento de Lavras da Mangabeira evitou um homicídio neste final de semana. Por volta das 15 horas de sábado o Sargento Vidal passava pela Rua 7 de Setembro no Bairro Gizélia Pinheiro, conhecido, também, por Batateiras em Crato, quando se deparou com um atentado à bala.

Mesmo estando à paisana e no seu dia de folga, o militar decidiu partir na direção dos dois homens armados que atiravam na direção de outro. Ele apontou a arma e disse ser policial quando rendeu Sebastião Douglas Domiciano que tinha em seu poder um revólver calibre 32 com quatro munições, sendo duas deflagradas. Este se fazia acompanhar por Jalison Nascimento Evangelista ouvido na Delegacia de Polícia Civil de Crato apenas como testemunha.

Nenhum comentário