Header Ads

R$ 500 por um RG falso: falsificador de 21 anos é preso em casa na Pacatuba após denúncias

Daniel Lenyk Cavalcante Martins já possui antecedentes criminais por  estelionato, corrupção ativa e falsificação de documentos

Um jovem de 21 anos foi preso na noite desta terça-feira (3) dentro de casa, na rua 82, no bairro Jereissati, em Pacatuba, suspeito de falsificar documentos. Daniel Lenyk Cavalcante Martins foi localizado após denúncias anônimas recebidas pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Ele confessou que cobrava até R$ 500 para confeccionar um RG, por exemplo, mas ele também fazia outras falsificações.

Na casa do suspeito foram apreendidos documentos falsos, papéis do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e um notebook onde o homem fazia a contabilidade do serviço ilícito.

Conforme o delegado Wagner Jorge, da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, responsável pelo caso, Daniel possui antecedentes criminais por  estelionato, corrupção ativa e falsificação de documentos. Ele foi autuado novamente por estelionato.

O irmão do criminoso, que não teve o nome revelado, desacatou os  policiais e também foi levado para a delegacia. Foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e o homem irá responder em liberdade.

A prisão foi realizada por uma equipe da Força Tática do Batalhão de Maracanaú.

Nenhum comentário