Header Ads

Coronavírus: 0,5% dos infectados do CE estão no Cariri, o que a região faz contra a pandemia?



Maior região de planejamento do estado, o Cariri cearense concentra apenas 0,5% dos casos de coronavírus no Ceará. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesa), Juazeiro do Norte e Mauriti têm um caso cada. No triângulo Crajubar – que envolve ainda Crato e Barbalha -, o número de suspeitos passa de 60.

Em todo o estado, até ontem (31), a Sesa contabiliza 401 casos confirmados e 7 óbitos. Apenas 11,2% dos doentes estão internados. A maioria dos infectados com o novo coronavírus encontra-se em isolamento social (83%).

Na região, os hospitais São Lucas e o Regional do Cariri são referência para tratar possíveis infectados. Há a discussão, no entanto para que outra unidade hospitalar possa ser usada para alocar futuros pacientes. No Ceará, apenas o Lacen (Laboratório Central) em Fortaleza, recebe amostras para testar o novo vírus.

Também é discutida a possibilidade para que esses testes possam ser feitos no Cariri. O laboratório da Faculdade de Medicina (UFCA-Barbalha) está apto para o trabalho, e aguarda autorização.

Nenhum comentário