Header Ads

Preso em Porteiras ex-PM envolvido na morte de homem tramada pela esposa



Policiais civis da Delegacia Regional de Brejo Santo prenderam a terceira pessoa suspeita de envolvimento no assassinato de Arlindo Belo da Silva Júnior, de 30 anos, cujo crime aconteceu no último dia 14 de outubro em Porteiras. Trata-se do ex-soldado excluído da PM pernambucana, Cícero Ramiro Araújo Targino, de 36 anos, a quem os policiais apresentaram o mandado judicial ao localizarem no centro daquele município caririense.

Agora a polícia tenta descobrir o paradeiro do Sargento J. Martins – João Genival Martins, de 49 anos, residente no Sítio Maniçoba em Porteiras – que seria o executor do homicídio qualificado e segue foragido. O mesmo encontra-se afastado da PM cearense por força de licença para tratamento de saúde. No último dia 17 de março a polícia já tinha prendido a viúva da vítima, Iraci Soares de Oliveira, de 47, e o genro dela, Mardey Aparecido Bernardino Medeiros, de 29 anos, igualmente em Porteiras.

A vítima morava no Sítio Muquém daquele município e foi morta a tiros na Rua Manoel Pereira, perto do estádio Teixeirão no bairro Aristaco Cardoso, quando retornava de um bolão de vaquejada que tinha acontecido no Sítio Simão em Porteiras. De acordo com as investigações, a autora intelectual do crime foi a própria esposa da vítima. Ela tramou o assassinato do companheiro e comentou com o genro que, por sua vez, teria contratado o Sargento para execução no que se acompanhou do ex-soldado.

Nenhum comentário