Header Ads

Preso pistoleiro acusado de matar o prefeito de Granjeiro no Cariri



Um homem de 31 anos foi preso na madrugada deste domingo no estado da Paraíba e contra o mesmo existe um Mandado de Prisão Preventiva decretado pela Comarca de Caririaçu e relacionado com o assassinato do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, de 54 anos, o “João do Povo”. As informações de que seria um dos executores contratados para ceifar a vida do empresário e político, cujo crime aconteceu na manhã do dia 24 de dezembro quando o prefeito fazia cooper perto de sua casa em Granjeiro.

Ele abasteceu o seu carro com placas de Minas Gerais num posto na cidade de Sumé (PB) e saiu rapidamente sem pagar na direção de Monteiro (PB). A polícia paraibana foi avisada e equipes da Operação Tiradentes se depararam com o carro na entrada de Monteiro quando interceptaram. Ele é de Salgueiro (PE) e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil daquela cidade, onde foi descoberto o mandado de prisão preventiva. No carro estavam sete cartões de agências bancárias distintas, uma TV e outros objetos.

Nenhum comentário