Header Ads

Padeiro acusado de matar transexual em Juazeiro foi morto a facadas

Padeiro acusado de matar transexual em Juazeiro foi morto a facadas

O cadáver do homem encontrado por volta das cinco horas da madrugada deste domingo na Rua Letícia Vasconcelos nas imediações do Casarão do Óleo (Triângulo) em Juazeiro do Norte, só foi identificado no período da tarde. Era do padeiro Samuel Alencar Costa, de 30 anos, que residia na Rua Perpétua Carneiro da Cunha (João Cabral) e foi morto a golpes de faca. Ele tinha algumas passagens pela polícia por crimes de violência doméstica, resistência à prisão, roubo e homicídio.

O mesmo era investigado como autor do assassinato de Daniel Guedes da Silva, de 21 anos, a transexual “Crislaine” por meio de espancamentos no dia 1º de abril do ano passado. Ela residia na Rua Ozana Pereira (João Cabral), respondia procedimento por tráfico de drogas e o seu corpo encontrado por populares num terreno baldio na Rua Yone Rodrigues naquele bairro. Samuel era indiciado em Inquérito Policial por esse homicídio qualificado, conforme foi protocolado no site do Tribunal de justiça.

Nenhum comentário