Header Ads

Auditor do TJDF-CE pede banimento de presidente do Barbalha em caso de condenação



Concluído e enviado o inquérito desportivo contra o presidente do Barbalha, Lucio Barão, à Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol Cearense (TJDF-CE) nesta segunda-feira, 8. A informação é do OPovo Online.

Na peça, o auditor do caso, Frederico Bandeira, apresenta o resultado da investigação de acusações como lavagem de dinheiro, desvio de verba e articulação de jogos fantasma, entre outras irregularidades, e pede o banimento do dirigente do futebol caso ele seja condenado.

No momento da instauração do inquérito, Lucio Barão teve as atividades suspensas por 30 dias pelo Tribunal, de forma preventiva.

Para confeccionar o relatório, o auditor colheu os depoimentos de cinco testemunhas: Roberto Antônio de Castro Macedo (vice do Barbalha e quem primeiro denunciou o presidente da equipe à Corte), o próprio Lucio Barão, Luciano Oliveira Ramos (presidente do Conselho Deliberativo do clube) Gilson Alves Feitosa (tesoureiro) e Cícero Nacélio dos Santos (integrante do time caririense).

Nenhum comentário