Header Ads

Pedreiro é morto a tiros em Crato no canteiro de obras

Pedreiro é morto a tiros em Crato enquanto trabalhava no canteiro de obras

Mais um homicídio foi registrado em Crato se constituindo no quarto do mês de junho ou um a mais na comparação com Juazeiro do Norte e o 29º do ano no município ou seis a mais em relação aos assassinatos registrados no decorrer do ano passado. Por volta das 14h30min o servente de pedreiro Jonas Alves da Silva, de 26 anos, que era apelidado por “Joninha”, foi morto com vários tiros.

O crime aconteceu na Rua Maurício Teles perto do Liceu no bairro Seminário em Crato, onde a vítima trabalhava na construção de uma casa e foi executado no canteiro de obras. Ele tinha passagens pela polícia desde junho de 2015 quando praticou um crime de lesão corporal leve. No dia 29 de novembro de 2017 voltou a ser preso na Rua Maria Socorro Alencar (Seminário) com um revólver calibre 32 municiado e, no dia 20 de maio de 2018, novamente preso por violência doméstica contra Ana Célia Barbosa.

Nenhum comentário