Header Ads

Acusados de homicídios em Aurora e Lavras da Mangabeira presos pela Polícia Civil

 Acusados de homicídios em Aurora e Lavras da Mangabeira presos pela Polícia Civil

Mais dois acusados de crimes de homicídios na região do Cariri foram presos nas últimas horas. Nesta segunda-feira policiais civis da Delegacia Municipal de Aurora promoveram nova etapa da “Operação Carcerem” sob a coordenação do delegado Paulo Hernesto e prenderam José Inácio ou ‘Zezinho Galego’. Eles cumpriram mandados judiciais dentro das investigações em torno do assassinato do jovem Antonio Rivio Ferreira Nobre Júnior, de 19 anos, morto a tiros no último dia 22 de fevereiro.

A vítima respondia vários procedimentos criminais e o homicídio aconteceu na Rua Parque Sabiá (Bairro Araçá) em Aurora quando a namorada dele saiu baleada. As investigações da Polícia Civil apontam a participação direta de “Zezinho” como autor intelectual do crime e organizador de toda a trama. No dia do homicídio, a polícia já tinha prendido os executores Cícero Josimar e Alexandre Soares e o motivo seria uma dívida que a vítima tinha com Zezinho Galego.

Como este já cumpre pena em regime semiaberto por crime de tráfico de drogas, usando tornozeleira eletrônica, recorreu a Josimar e Alexandre para executar “Junior Magrão” como era conhecida a vítima. O delegado Paulo Hernesto representou pela prisão temporária de “Zezinho” no que foi atendido prontamente pelo poder judiciário de Aurora. Por isso, o mesmo terminou recolhido à cadeia pública de Juazeiro na tarde de ontem.

LAVRAS – Antes, policiais civis de Lavras da Mangabeira tinham prendido Marcos José Paulino e Souza acusado de matar a golpes de faca Hermerson Alencar de Souza, de 18 anos, que residia na Rua Manoel Cesário no Distrito de Mangabeira. O crime aconteceu na tarde do dia 3 de janeiro na Rua Coronel Manoel Duarte daquela localidade e o acusado havia fugido para o município de Cajazeiras (PB). A operação dos policiais cearenses contou com o apoio de policiais militares paraibanos.

Marcos estava escondido numa casa no bairro Pôr do Sol setor norte de Cajazeiras e foi recambiado para a região do Cariri. No dia do crime, vítima e acusado estavam numa bebedeira quando surgiu a discussão entre os dois. De posse de uma faca, Marcos desfechou vários golpes e o seu colega de farra ainda foi socorrido ao hospital, porém não resistiu a gravidade dos ferimentos.

Ainda com relação à prisão da tarde de ontem em Aurora, a polícia lembra que o fone gratuito 181 é o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará. Além disso, o delegado de Aurora e Barro, Paulo Hernesto disponibiliza o número do WhatsApp (98101-2001) para acolher denúncias sobre crimes mediante garantia de sigilo em relação à fonte. Veja o momento em que “Zezinho Galego” chegava ontem à Delegacia de Aurora.

Nenhum comentário