Header Ads

Colombiano é preso em Juazeiro sob acusação de crime de agiotagem

 Colombiano é preso em Juazeiro sob acusação de crime de agiotagem

Uma ação da Polícia Militar, a partir de averiguações do Serviço de Inteligência, resultou na prisão de um colombiano acusado da prática de crime de agiotagem em Juazeiro do Norte. Foi por volta das 15 horas desta quinta-feira quando os PMs chegaram até Carlos Adolfo Gonzalez Baquero, de 33 anos, que estava na porta de sua casa na Rua Beato José Lourenço (Tiradentes) e o abordaram. Segundo a polícia, ele não conseguiu esconder o nervosismo ao ser indagado sobre a prática de agiotagem.

De acordo com o Tenente Lindemberg, Comandante do Serviço de Inteligência, a PM vinha recebendo denúncias que um colombiano estava atuando, diariamente, no bairro Tiradentes e outras áreas de Juazeiro. Alguns relataram até sobre “juros escorchantes” e o recebimento de ameaças quando passaram a temer algo pior. No contato dos policiais com Adolfo, este admitiu que emprestava dinheiro a juros com parcelas diárias. Por exemplo, R$ 300,00 em onze pagamentos de R$ 30,00 diários.

Ele franqueou a entrada dos PMs em sua casa aonde encontraram, num dos cômodos, R$ 4.996,00 em dinheiro, dois cadernos com anotações, incluindo nomes de pessoas e a contabilidade dos empréstimos, vários cartões de divulgação de empréstimos, três celulares, três cédulas de dólar, e um cartão de débito da Colômbia. Adolfo foi levado à presença do delegado plantonista Rafael Mota o qual lavrou um TCO pela prática de crime contra a economia popular.

Nenhum comentário