Header Ads

Dono de Bar morto em Crato numa troca de tiros com PM do RAIO

 Dono de Bar morto em Crato numa troca de tiros com PM do RAIO

Um homicídio foi registrado esta noite em Crato se constituindo no quarto de março ou a mesma quantidade em relação ao mês anterior e o 14º do ano ou um a menos na comparação com Juazeiro. Por volta das 19 horas Gilmar Francelino da Silva, de 53 anos, que era apelidado por “Gilmar do Mangueiral” foi morto com um tiro em frente ao seu estabelecimento denominado Bar do Mangueiral, onde residia. Fica no Sítio Buenos Aires por trás do Conjunto Palmeiral.

As informações são que ele estava bebendo com amigos quando surgiu uma discussão entre o dono do bar e uma pessoa identificada apenas por “Gabriel”. Em meio ao acirramento, Gilmar teria sacado uma arma e atirou no desafeto que fugiu sem ser atingido. Nisso, o Soldado PM Marcelo do RAIO, que se encontrava no local, tratou de intervir dando voz de prisão a Gilmar em virtude da tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

O comerciante teria apontado a arma na direção do policial militar que atirou, causando a morte de Gilmar. Depois o PM abandonou o local e deve se apresentar hoje na 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato. O dono do bar já tinha sido vítima de uma tentativa de homicídio em agosto de 2016. Antes, a partir de março de 2008, respondeu procedimento por furto de energia elétrica perante à Coelce.

Nenhum comentário