Header Ads

Polícia Civil apreende cerca de 70 kg de drogas em Barbalha e Caririaçu

 

Uma ação do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na apreensão de cerca de 70 quilos de entorpecentes – crack, cocaína, maconha e skunk, além de arma de fogo, munições e dinheiro. A ofensiva, realizada nas cidades de Barbalha e Cariruaçu – pertencentes à Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19), iniciou na noite do sábado (06) e finalizou neste domingo (07). Um casal foi preso.

Os policiais civis investigavam um casal, que possuía envolvimento no tráfico de drogas e em homicídios, no bairro Royal Ville, em Barbalha. Quando os policiais realizavam diligências em torno do esquema criminoso desenvolvido por eles, receberam uma notícia de que na casa investigada ocorria um possível crime de violência doméstica. Os policiais chegaram ao local e encontraram a mulher, que seria a vítima. No local, os policiais constataram ainda que lá funcionava como uma espécie de laboratório de fabricação de crack e desdobramento de cocaína. Durante uma vistoria, os policiais civis localizaram diversos apetrechos para a fabricação do entorpecente, bem como tijolos de crack já prontos e cocaína. Em um dos cômodos da casa também foram localizadas munições de calibres diversos.

No total, a Polícia apreendeu 4,5 quilos de crack, 66 munições dos calibres 38 e nove milímetros, além de três balanças de precisão, documentos diversos, anotações com a contabilidade criminosa, comprovantes de transações bancárias, apetrechos para confecção e embalo dos entorpecentes e a quantia de R$ 2,5 mil. Lá, os policiais prenderam Ana Paula Bau da Silva (25), que não possuía antecedentes criminais. O companheiro dela não foi localizado. Ana Paula foi encaminhada para a sede da Delegacia Regional de Juazeiro, onde foi autuada por tráfico e associação para o tráfico de drogas, além de posse irregular de arma de fogo.

Dando continuidade ao trabalho investigativo, os policiais civis passaram a realizar diligências no sentido de localizar o companheiro de Ana Paula. Os policiais descobriram que o homem poderia estar escondido em uma residência na localidade de Sitio Patos, no município de Caririaçu. As investigações apontavam que o local era mantido por Carlos Gledson Lima dos Santos (28), o “Carlim” ou “Magão”, que já responde por tráfico de drogas, homicídio, ameaça, além de crimes ambiental e de trânsito, como um depósito de drogas. Desta forma, foi solicitado um mandado de busca e apreensão, que foi cumprido neste domingo (07).

Quando os policiais se aproximavam do endereço alvo da ação judicial, visualizaram o suspeito em um veículo. Foi realizada a abordagem e com ele foi encontrado um revólver cal. 38 municiado, além de uma quantia em dinheiro. Após a captura, Carlos Gledson foi levado ao imóvel para cumprimento do mandado de busca e apreensão. No local, os policiais civis localizaram 62 tabletes de maconha – pesando 48 quilos -, 12 quilos de cocaína, três quilos de crack, 1,5 quilo de maconha tipo skunk, totalizando 64,5 quilos de entorpecentes. Ainda durante as buscas no local, um cofre foi encontrado. Dentro dele, os policiais apreenderam um carregador de pistola, além de 48 munições – ambos de calibre nove milímetros.

Após a apreensão, o homem foi conduzido para a delegacia em Juazeiro do Norte, onde foi autuado em flagrante por tráfico, associação para o tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e uso restrito. As investigações em torno da atividade criminosa desenvolvida pelo casal seguem devido o envolvimento do homem em homicídios na região.

Denúncia

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 99861-6987, que é o WhatsApp do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) do Cariri, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem de áudio, de texto ou vídeo. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Nenhum comentário