Header Ads

Mulher de Safadão será investigada pelo MP por suspeita de furar fila da vacina em Fortaleza

 Mulher de Wesley Safadão, Thyane Dantas tomou 'xepa' da vacina contra Covid, diz cantor

vacinação de Thyane Dantas contra a Covid-19, esposa do cantor Wesley Safadão, ocorrida nesta quinta-feira (8), em Fortaleza, mesmo fora da faixa etária e sem agendamento, será investigada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). A informação foi confirmada pelo promotor de Justiça Enéas Romero, em entrevista ao G1, na manhã desta sexta-feira (9).

“O Ministério Público já abriu a investigação. A intenção é averiguar a legitimidade da aplicação, ouvindo as partes envolvidas no caso, como a Prefeitura, os responsáveis pela aplicação”, diz Enéas Romero.

Conforme o promotor, se for confirmado que houve beneficiamento ou quebra nos critérios para aplicação da vacina, as pessoas envolvidas serão responsabilizadas, “seja na esfera administrativa ou criminal”.

Conforme o MPCE, o procedimento preliminar de natureza criminal também vai apurar a suspeita de que Wesley teria se vacinado em local diferente do agendado por escolha do imunizante que queria receber.

Wesley Safadão, de 32 anos, estava confirmado na lista da prefeitura municipal para ser vacinado nesta quinta no Salão Taíba, do Centro de Eventos do Ceará. Porém, ele recebeu a vacina no North Shopping Jockey.

Prefeitura rebate justificativa do cantor

A assessoria do forrozeiro informou que ela tomou uma “dose de sangria” (popularmente chamada de “xepa”), mas a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) revela que esta opção era inviável antes das 17h — fim do expediente da imunização na capital.

A Secretaria da Saúde disse que planeja e executa estratégias de trabalho “visando o aproveitamento integral de todas as doses ministradas das vacinas”, porém as atividades de vacinação encerraram às 17h, inviabilizando possíveis doses remanescentes antes deste horário.

Safadão, de 32 anos, estava confirmado na lista da prefeitura municipal para ser vacinado. Contudo, Thyane, de 30 anos, não foi convocada para receber o imunizante, além de estar fora da faixa etária para a qual a vacina é disponibilizada atualmente, pessoas com 32 anos ou mais.

A SMS revela ainda que, nos casos pontuais de doses remanescentes em frascos, após a total finalização das atividades, as equipes de vacinadores realizam busca ativa de pessoas pertencentes ao público alvo vigente, priorizando sempre os de maior idade.

A Secretaria da Saúde instaurou processo administrativo para averiguar a aplicação da vacina contra a COVID-19 em Thyane Dantas nesta quinta-feira (8). Após a conclusão da averiguação, o processo será encaminhado aos órgãos de controle.

‘Dose de sangria’

A assessoria de Wesley Safadão argumentou que “Thyane foi acompanhar o Wesley na vacinação e existe uma coisa que todos têm acesso, não foi benefício dela, que é a dose de sangria. Cada dose dá em média um número de aplicações, depende de qual for, e se não forem aplicadas na hora são descartadas”.

A nota complementa que os profissionais da saúde estão “autorizados a aplicar em quem estiver no local, mesmo que não esteja no dia certo para vacinação, para que não haja descarte do material”.

A “dose de sangria” referida ficou conhecida popularmente como “xepa”, mas ainda não está em funcionamento em Fortaleza. Um projeto sobre o tema foi aprovado na Câmara Municipal, mas ainda não foi sancionado pelo prefeito José Sarto Nogueira (PDT), portanto, ainda não pode ser colocado em prática.

Thyane compartilhou o momento em que recebe a vacina contra a Covid-19 nas redes sociais, no mesmo local em que Safadão também estava sendo vacinado. O cantor, contudo, estava agendado para receber o imunizante e tem idade para tal, conforme consta na lista divulgada pelo poder municipal. A aplicação se deu em um dos dez pontos de vacinação disponibilizados pela Prefeitura para aplicação da primeira dose nesta quinta-feira (8).

Processo administrativo para averiguar

O nome de Thyane não está na lista de pessoas agendadas para esta quinta-feira, embora conste no sistema da Secretaria da Saúde de Fortaleza que ela foi imunizada nesta quinta. A pasta afirmou que segue o Plano de Vacinação Nacional e as normas técnicas pactuadas na Comissão Intergestora Bipartide (CIB).

A esposa de Safadão não poderia ter sido imunizada ainda, uma vez que tem apenas 30 anos de idade, e a vacina só é ofertada, até o momento, as pessoas da população geral que têm 32 anos ou mais.

Além disso, a vacinação só é disponibilizada em Fortaleza para aqueles que estão na lista de vacinação do dia, divulgada previamente pela prefeitura. Quem não comparece no dia marcado, deve aguardar a “repescagem” anunciada pelo poder municipal.

Fonte: G1 CE

Nenhum comentário