Header Ads

Paralisação da Viametro: prefeito de Juazeiro do Norte anuncia envio de proposta de subsídio à Câmara

 

O prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos), anunciou que, após o governo estadual propor pagar metade do subsídio à empresa Viametro, que anunciou paralisação gradual a partir deste sábado (31), enviou notícia à Câmara Municipal de Vereadores para que o município entre com a outra metade do valor. O mandatário descartou o aumento na tarifa, citando a situação pandêmica e o desemprego.

“Diante dessa resposta positiva do governador, eu encaminhei mensagem para a Câmara dos Vereadores, pedindo que a Câmara aprovasse o pagamento desse subsídio à empresa Viametro e, assim, nem aumentava o valor das tarifas e a empresa continuaria operando regularmente em nosso município. E até aumentaria outras rotas que ela deixou de operacionalizar nesse período”, afirmou Glêdson.

O motivo da paralisação alegado pela empresa

Em nota publicada nas redes sociais nesta quinta-feira (29), a empresa Viametro Cariri afirmou que “o que se viu no decorrer dos anos foi um descaso por parte da prefeitura municipal no cumprimento das suas obrigações, como a aplicação dos ajustes tarifários previstos a ocorrerem anualmente e a fiscalização aos transportes alternativos, sendo estes proibidos de operar concorrencialmente com os ônibus”.

Em atuação no município desde 2016, a empresa disse, ainda, ter notificado a Prefeitura de Juazeiro do Norte sobre a situação por quatro vezes.

Nenhum comentário