Header Ads

Demanda por testes de Covid cresce em Juazeiro; filas se acumulam na unidade sentinela


 

O aumento de casos de Covid-19 vem causando superlotação de unidades sentinela e a demanda por testes de detecção da presença do novo coronavírus causador da doença no organismo.

De acordo com dados do “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford, a média diária de mortes por Covid-19 no mundo atingiu o maior patamar em 4 meses. O registro de média diária foi de 8.209 mortes nesta segunda-feira (24), o maior patamar desde 24 de setembro de 2021.

Uma professora de 46 anos, que não quis se identificar, afirmou à equipe de reportagem do Site Miséria que está gripada e com moleza no corpo há 4 dias. Na manhã desta terça-feira (25), foi na Unidade Sentinela do Vapt-Vupt fazer o teste swab de detecção da Covid-19, que deu positivo.

A professora afirma que esta é a primeira vez que ela é infectada pela Covid-19. Residente com outras duas pessoas, a educadora afirma que vai ser difícil manter o distanciamento dentro de casa. Ela afirma ter chegado na unidade por volta das 7h, e que passou uma hora e meia na fila para ser atendida.

A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte (Sesau) disponibiliza, além da Unidade Sentinela no Vapt Vupt (de domingo a domingo, das 8h às 22h), outros dois locais para realização de testagem de detecção da Covid-19: Unidade Covid do bairro Lagoa Seca (todos os dias, das 7h às 19h) e a Estratégia Saúde da Família (ESF) 14/57 do bairro Timbaúba (de segunda à sexta-feira, das 16h às 22h).

Contatamos a Sesau, que afirmou à nossa reportagem que o número de testes disponibilizados depende da demanda de público. Perguntada sobre a quantidade disponível atualmente, a pasta não nos respondeu até o fechamento desta matéria.

Compartilhar
 
 

Nenhum comentário