Header Ads

Pintor e mototaxista morrem em Crato após acidentes de trânsito esta noite




 Dois acidentes de trânsito com vítimas fatais foram registrados no curto intervalo de uma hora na noite desta quinta-feira no município de Crato. Por volta das 19h30min, na Avenida Padre Cícero (Bairro Muriti) o pintor Derival Dias, de 64 anos, que residia na Rua Nossa Senhora da Conceição naquele bairro, pilotava sua moto Honda CG 125 Fan de cor vermelha e placa OIC-3225 quando foi atropelado por um caminhão tipo Baú de placas CNR-6765.

Ele morreu no local com o capacete danificado na cabeça e marca de pneus nas costas, sendo que o caminhoneiro seguiu adiante na sua viagem sem prestar socorro à vítima. No local estiveram socorristas do SAMU, policiais militares, agentes do Demutran e o delegado plantonista Denis Ferraz. Momentos depois o caminhoneiro foi interceptado e preso na BR-116 em Brejo Santo por uma viatura de Abaiara comandada pelo Sargento Tomé.

Já por volta das 20h30min, porém na Rua 21 de Junho por trás da Quadra Bicentenário no centro de Crato, outro acidente resultou na morte do mototaxista José Arnaldo Batista dos Santos, de 49 anos, que residia na Travessa José Honor de Brito no bairro Ossian Araripe. Ele viajava na garupa de uma moto Honda Bros de cor vermelha e placa PMO-8F50 a qual colidiu num veículo Ônix de cor prata e placas POQ2J53 dirigido por Jakson Douglas Rodrigues Bezerra.

A moto era pilotada por Jerônimo Sebastião da Silva, sendo que o garupeiro levava consigo um pneu de moto e morreu no local. O motorista e o motoqueiro foram conduzidos à Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato para prestarem esclarecimentos sobre o acidente com vítima fatal.

OUTRO – Antes, por volta das 17 horas ainda desta quinta-feira, morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro, o motorista Emiliano Gracia de Sousa, de 35 anos. Este residia na Rua João Cavalcante (Bairro Sagrada Família) em Jucás e, na noite do dia 2 de janeiro, se envolveu num acidente com moto na Avenida Ormecinda Correia Leite no centro da cidade. O mesmo terminou socorrido ao Hospital de Jucás e transferido ao HRC, onde morreu 18 dias após o acidente.

Compartilhar
 
 

Nenhum comentário