Header Ads

Briga de faca entre homem e mulher em Jati e jovem é baleado em Missão Velha


 Três tentativas de homicídios nesta quarta-feira no Cariri com briga de faca em Jati e atentado à bala em Missão Velha. Além disso, outra tentativa de homicídio em Juazeiro e um caso de violência doméstica em Lavras da Mangabeira. Por volta das 11h30min de ontem, perto do chamado Bar da Rodoviária na Avenida Humberto Alcântara Gondim em frente ao Terminal Rodoviário de Jati, houve confusão onde uma mulher apelidada por “Cidinha” terminou lesionando “Neguinho” a golpes de faca.

Uma patrulha da PM com o Subtenente Gildenor e os Cabos Fabrício, Nascimento e Rodrigues foi ao local encontrando Maria Aparecida Bezerra da Silva, de 38 anos, a “Cidinha”, residente no Conjunto Habitacional Senhora Santana II em Jati, no solo e uma faca suja de sangue perto da mesma. Segundo testemunhas, a arma branca tinha sido usada por ela para lesionar Mateus Manoel da Silva, de 20 anos, o “Neguinho”, que mora na Rua José Sebastião no centro da cidade, a qual, também, foi lesionada por ele.

O jovem já tinha sido socorrido ao hospital por populares e os policiais solicitaram a ambulância para socorrer a mulher, sendo que, ambos, terminaram transferidos ao Hospital Geral de Brejo Santo. Após receber atendimento ambulatorial, “Cidinha” foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Penaforte juntamente com a faca e recolhida ao presídio feminino de Crato.

MISSÃO VELHA – Já por volta das 21h30min desta quarta-feira o jovem Fernando Emerson da Silva, de 29 anos, residente na Rua Vicente Vasques ou “Rua dos Besouros” em Missão Velha, foi lesionado com dois tiros. O crime foi praticado por um homem numa moto perto da Rodoviária de Missão Velha, sendo socorrido ao hospital local pela própria PM e, depois, transferido ao São Vicente de Barbalha e submetido a uma cirurgia ainda na noite de ontem. A vítima é usuária de drogas.

Esta semana uma tentativa de homicídio à bala já tinha sido registrada em Juazeiro mais precisamente na Rua Augusto Dias de Oliveira no bairro Professora Gely de Sá Barreto. A vítima não respondia procedimentos criminais e terminou socorrida pelo SAMU ao Hospital Regional do Cariri. Segundo ele, quatro homens num veículo Gol de cor prata passaram atirando e diligências foram feitas, mas ninguém foi preso.

Já no início da tarde desta quarta-feira mais um caso de violência doméstica foi registrado em Lavras da Mangabeira. Na Rua Paturi do Distrito de Quitaius, um homem embriagado ameaçou sua companheira, um irmão dela e ainda tentou atear fogo no imóvel. Ele já tinha sido contido e amarrado pelo próprio filho, sendo entregue a uma patrulha da Polícia Militar. A mulher não representou contra o acusado que foi apenas ouvido e liberado.

Compartilhar
 
 

Nenhum comentário