Header Ads

Chacina de Juazeiro teve mais sete presos esta madrugada em Barbalha


 A Polícia Militar deu uma resposta rápida à sociedade do Cariri e, na madrugada desta quinta-feira, prendeu mais seis jovens e apreendeu um adolescente suspeitos de envolvimento na chacina do bairro Triângulo em Juazeiro do Norte, que deixou quatro mortos e cinco baleados. A ação de equipes do RAIO e Força Tática de Barbalha e Crato, comandadas pelo Tenente Wolgran e o Subtenente Feitosa, se deu entre os Sítio Baixio dos Cordas (Barro Vermelho) e Mata dos Limas em Barbalha.

Tudo começou por volta de 01h30min da madrugada desta quinta-feira no Sítio Mata dos Lima quando os PMs se depararam com Francisco Auran dos Santos Nunes, de 21 anos, residente na Rua Elias Pereira de Brito naquela localidade. Ele estava com um bolsa contendo drogas e armas e disse aos policiais que as drogas pertenciam ao seu irmão Cícero Roberto dos Santos Nunes, de 20 anos, o “Japão”, também morador do lugar e igualmente preso.

Quando as armas, falou que eram de Cícero Leonardo Rodrigo dos Santos, de 19 anos, o “Bida” o qual reside na Vila Apolinário (João Cabral) em Juazeiro, também preso. Este último já estava sendo procurado pela polícia como um dos apontados por vítimas que saíram baleadas na chacina de Juazeiro. Junto com “Bida” os policiais prenderam Wermerson Honorato dos Santos, apelidado por “B” que mora na mesma Vila Apolinário.

Estava ainda Natanael Cavalcante da Silva, de 26 anos, o “Niel”, residente no Sítio Baixio dos Cordas em Barbalha. Wemerson apresenta um ferimento leve na região do fêmur já que saiu baleado durante o tiroteio em Juazeiro. Os policiais trouxeram ainda para a Delegacia de Juazeiro Cícero Michel Chagas, de 27 anos, residente no Sítio Mata dos Limas e o adolescente de iniciais E. J da S. S. de 16 anos, também morador odo local.

Foram apresentados ainda ao delegado plantonista na 20ª DRPC, Denis Leonardo Ferraz, um revólver calibre 38 e outro 32, além de um total de 12 munições calibre 38, seis calibre 12, duas calibre .40 e mais quatro calibre 32 entre intactas, deflagradas e picotadas. Também um veículo Fiat Pálio Attractive de cor vermelha e placas OYS-5825, sete aparelhos celulares para serem averiguados, simulacro de pistola, balança de precisão, cerca de 100 gramas de maconha e 25 de cocaína e R$ 955,00 em dinheiro.

A chacina aconteceu na madrugada de terça-feira num imóvel na Rua Francisco Monteiro (Triângulo) no qual morreram: Joselito dos Santos Braga, de 32, Rafael Martins Tavares, de 30, Lucicleide da Silva, de 44, e o menor José Anderson Moreira de França, de 16 anos. Saíram baleadas: Maria Erica da Silva Alves, de 19, sua filha de 4 anos, uma adolescente de 15, Maria Fernanda de França Alves, de 25, e sua mãe Francisca Luiz de França, de 57 anos.


Nenhum comentário