Header Ads

Polícia Civil deflagra operação em Lavras da Mangabeira e apreende três armas de fogo e munições


Uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), na manhã desta quarta-feira (02), resultou nas prisões em flagrante de dois homens em posse de armas de fogo, munições e celulares. O trabalho, que visa desarticular e prender homens e mulheres envolvidos em crimes de homicídios, ocorreu no município de Lavras da Mangabeira, localizado na região do Cariri. Ao todo, quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos na ofensiva policial.

Equipes da Delegacia Municipal de Lavras da Mangabeira com apoio das equipes das delegacias Regional de Icó, Municipal de Ipaumirim e de Cedro saíram na manhã de hoje, a fim de cumprir quatro mandados de busca e apreensão contra homens envolvidos em homicídios registrados nos últimos meses na região. Com as decisões judiciais em mãos, os investigadores foram até seis endereços, alvos dos mandados.

Em um dos imóveis, situado no bairro Centro, em Cedro, os policiais encontraram com um homem de 72 anos, um revólver e 19 munições de calibre variados. O suspeito já possui antecedentes criminais por estelionato. Contra ele, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão. Além do armamento, dois aparelhos celulares foram apreendidos.

Ainda pela região, outros dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos, dessa vez em desfavor de um outro homem, de 44 anos. Em dois dos seus imóveis, situados no bairro Volta, em Lavras da Mangabeira, os agentes encontraram outro revólver, além de 13 munições de calibres 32 e 38. O suspeito, que também já possui antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo, estava com os materiais ilícitos em cima de um guarda-roupa.

Ainda em diligências, uma terceira arma foi encontrada pelos investigadores, no bairro Bela Vista. A arma foi apreendida e passará por perícia, pois há indícios de que ela foi usada em um crime de homicídio registrado em 2020. Diante do resultado operacional, a dupla e os armamentos foram levados à Delegacia Municipal de Lavras da Mangabeira, onde foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.


Nenhum comentário